Nota de esclarecimento – Editorial

0
529

O jornal Gazeta de Serra Negra é o antigo Jornal Torpedo, um projeto criado há 15 anos por mim, Maurício Filho e tem como princípios básicos o jornalismo imparcial e independente.

Recebi alguns comentários sobre uma possível vinculação com o jornal Gazeta Amparense e venho por meio deste post esclarecer:

Quando mudei o nome de fantasia de Jornal Torpedo para Gazeta de Serra Negra, quis dar um nome mais regional e local para minha publicação, oportunidade em que aproveitei para pesquisar a disponibilidade dos domínios gazetadeamparo.com.br e gazetademontealegredosul.com.br para facilitar aos leitores destas cidades e os registrei por uma mera conveniência de acesso via internet, uma vez que as duas cidades serão cobertas por nossa publicação online e impressa. Nem sequer sabia, até então, da existência de uma Gazeta Amparense e não conheço seus jornalistas e ou diretores e não temos nenhuma ligação pessoal ou profissional.

Nosso jornalista responsável é o Paulo Roberto Machado, Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão – TV e Rádio, na Bandeirantes – Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape, é atualmente o diretor do grupo Os Comunicadores, uma associação de pessoas dedicadas à Comunicação de um modo geral e à Comunicação da Palavra, da Bíblia e editor do site da Loja Zohar 694, ligado à Maçonaria.

Tivemos nosso primeiro contato em 2000 quando o mesmo era diretor da Rádio Educativa de Campinas FM, emissora pública, época na qual montamos um primeiro web site, ainda quando a rede mundial de computadores era bastante incipiente no país e transmitíamos em tempo real, programas como o Mundo Hoje da BBC de Londres, com o saudoso Ivan Lessa, algo bastante raro naqueles dias, além do noticiário em áudio em português da Deutsche Welle da Alemanha. Desde sempre fomos pautados por um trabalho árduo para oferecer além de noticiário com credibilidade, a busca por uma comunicação clara e objetiva, evitando vaidades pessoais e comprometimento da linha editorial adotada.

Evidentemente que neste primeiro momento é possível ao leitor verificar que a maioria de nossas matérias da editoria Cidades são enviadas pelas assessorias de imprensa das prefeituras locais. Faz parte da evolução do trabalho até que tenhamos nossa equipe formada e reconhecida pela população e iremos publicar assuntos de interesse público e do nosso público. Faço o convite a você, leitor que participe enviando pautas, notas, sugestões e denúncias. Caso alguma matéria publicada por nós vá de encontro às suas convicções, se acreditar que estamos publicando material que seja inverídico e ou tendencioso, não deixe de criticar, pois o bom jornalismo é pautado pelo crivo do contraditório, devemos dar espaço a todos para que se manifestem.

Não trabalhamos com matérias pagas e nem tampouco vinculamos o jornal às nossas convicções pessoais, quer sejam religiosas, políticas e ou afins. Além disto, não trabalhamos com matérias pagas e ou publieditorial de forma a trazer dúvida aos nossos leitores da origem de nossas fontes. Todo material publicado em nossos veículos possui o devido crédito a seus autores e quando se tratar de informes publicitários, estes serão devidamente claros, afinal jornalismo é jornalismo e publicidade é publicidade, não é mesmo?

Desejamos ainda sucesso a todos os nossos colegas de profissão, inclusive ao pessoal da Gazeta Amparense.

Agradeço o acesso ao nosso site e acompanhe em breve nossa versão impressa que circulará, inicialmente nas cidades de Amparo, Monte Alegre do Sul e Serra Negra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here