Amparo recebeu prêmio como a cidade mais desenvolvida do país

0
1157
O prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob recebeu nesta quarta-feira, dia 8 de junho, um importante prêmio na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Avaliada nos conceitos Inteligência, Conexão e Sustentabilidade a cidade chegou à primeira classificação - entre os municípios de até 100 mil habitantes - como o mais desenvolvido do país.

Classificação está entre os municípios de até 100 mil habitantes. Jacob representou a cidade na premiação que aconteceu no Rio de Janeiro (RJ).

A cidade de Amparo (SP), representada pelo prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob recebeu nesta quarta-feira, dia 8 de junho, um importante prêmio na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Avaliada nos conceitos Inteligência, Conexão e Sustentabilidade a cidade chegou à primeira classificação – entre os municípios de até 100 mil habitantes – como o mais desenvolvido do país.

De acordo com a metodologia desenvolvida pela Urban Systems, em parceria com a empresa Sator, foi realizado um mapeamento entre as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil através de 73 indicadores, entre os quais, nove se destacam: mobilidade, urbanismo, tecnologia e inovação, empreendedorismo, governança, educação, energia, meio ambiente, saúde, segurança, economia.

O prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob recebeu nesta quarta-feira, dia 8 de junho, um importante prêmio na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Avaliada nos conceitos Inteligência, Conexão e Sustentabilidade a cidade chegou à primeira classificação - entre os municípios de até 100 mil habitantes - como o mais desenvolvido do país.
O prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob nesta quarta-feira, dia 8 de junho, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Em seu discurso, o prefeito Jacob destacou a responsabilidade em uma Administração Pública e também as parcerias Público-Privadas. “Este prêmio representa um marco para a nossa cidade. Deixamos para trás um conceito de que o gestor precisa só olhar para si próprio, ou então administrar pensando no ontem. Com a união entre setores públicos e privados passamos a ter o compromisso e a debater as responsabilidades das grandes e importantes cidades do país e do mundo”.

Thomaz Assumpção, criador da metodologia afirmou que Amparo, entre os 11 eixos de Desenvolvimento analisados no estudo, se destacou, principalmente, nos eixos de Governança, Saúde, Segurança e Meio Ambiente, com “investimentos são positivos, pois demonstram que há uma preocupação da cidade no desenvolvimento dos eixos básicos, dando base para o desenvolvimento econômico e sustentável da cidade”.

Ainda de acordo com o levantamento que destacou como a cidade mais desenvolvida do país, os investimentos municipais em Saúde, Educação e Segurança são superiores ao valor aplicado em cidades como Curitiba (PR) e Rio de Janeiro (RJ), além de possuir o monitoramento de áreas de risco e, também, 100% de cobertura do serviço de coleta de resíduos sólidos nos domicílios urbanos.

O Ranking Connected Smart Cities conta  com o apoio de organizações nacionais e internacionais como: Prefeitura do Rio de Janeiro, BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento, BID – Banco Interamericano   de   Desenvolvimento,   Consulado Americano,   Ministério   das   Cidades,   AMB – Associação Brasileira  de Municípios, CESAR, ABDI – Agência  Brasileira  de Desenvolvimento Industrial,  ABEPREST – Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática,  ABESE – Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, ABILUMI – Associação Brasileira de Importadores de Produtos de Iluminação,  ABIVIDRO  – Associação Técnica  Brasileira  das Indústrias Automáticas de Vidro), ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABRID  – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia em Identificação Digital,  ANA  – Agência Nacional de Água, ANP Trilhos, ANP – Agência Nacional do Petróleo, ANPROTEC – Associação Nacional de Entidades. Promotoras de Empreendimentos de Tecnologias Avançadas, APECS  – Associação Br. Empresas de Consultorias e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente, ASBEA  – Associação Brasileira Escritórios Arquitetura), ASSEMAE – Associação Serviços Municipais de Saneamento,  BRUSSELS INVEST & EXPORT, BUSINESS FRANCE, CARONETAS, CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, CESAR, CTE  – Centro de Tecnologia em Edificações, Programa Cidades Sustentáveis, RED CIUDAD SUSTENTABLE,  Revista EconomiaRIO,  SECOVIRIO, SINDIENERGIA – Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo, entre outros.

As informações são da assessoria de imprensa da prefeitura de Amparo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here